Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011
Imagem
Em GÊNESIS, Jesus é o Cordeiro no altar de Abraão;
em ÊXODO, Ele é o Cordeiro da Páscoa;
em LEVÍTICO, Ele é o sumo-sacerdote;
em NÚMEROS, Ele é a nuvem durante o dia e a coluna de fogo durante a noite;
em DEUTERONÔMIO, Ele é a cidade de nosso refúgio;
em JOSUÉ, Ele é o tecido vermelho na janela de Raabe;
em JUÍZES, Ele é o nosso juiz;
em RUTE, Ele é o nosso parente redentor;
em I E II SAMUEL, Ele é o nosso profeta confiável;
nos livros de REIS E CRÔNICAS, Ele é o nosso soberano;
em ESDRAS, Ele é o nosso escriba fiel;
em NEEMIAS, Ele é o reconstrutor de tudo que está destruído;
em ESTER, Ele é o Mordecai assentado fielmente no portão;
em JÓ, Ele é o nosso redentor que vive para sempre;
em SALMOS, Ele é o meu pastor e nada me faltará;
em PROVÉRBIOS E ECLESIASTES, Ele é a nossa sabedoria;
em CANTARES, Ele é o belo noivo;
em ISAÍAS, Ele é o servo sofredor;
em JEREMIAS E LAMENTAÇÕES, Jesus é o profeta que chora;
em EZEQUIEL, Ele é o maravilhoso homem de quatro faces;
em DANIEL, Ele é o quarto homem na fornalh…

A Letra e o Espírito

Imagem
A Letra mata
Certa feita Jesus afirmou:
"As palavras que eu vos disse são espírito e vida" (Jo 6:63)
No mesmo diapasão, o apóstolo Paulo reiterou:
"A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder" (1Co 2:4)
Já na segunda epístola aos coríntios, o apóstolo Paulo disse que foi Deus quem o fez capaz de ser ministro:
“... de um novo testamento, não da letra, mas do espírito” (2Co 3:6)
Porque o apóstolo Paulo foi constituído ministro de um novo testamento? A resposta é clara: “Porque a letra mata e o espírito vivifica"(2Co 3:6).
Ora, se as palavras ditas por Cristo são “espírito e vida”, qual “letra” mata? Se o “espírito que vivifica” é o mesmo que as palavras de Cristo, como é possível a alguém que analisar tais palavras encontrar morte?
R: É evidente que a “letra” que o apóstolo Paulo faz referência não diz do evangelho de Cristo. As palavras e a pregação do apóstolo Paulo não é o mes…

A FORÇA DO PECADO

Imagem
A força do pecado é proveniente da lei de Moisés? Deus permitiu que o homem pecasse? Como o homem alcançou liberdade? Em qual mandamento de Deus o pecado achou ocasião e matou o homem?
Estas e outras perguntas serão respondidas neste artigo.
"Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei" (1Co 15:56)
A força do pecado reside na lei de Moisés?
Muito antes de Moisés entregar a lei ao povo de Israel o pecado já exercia o seu domínio no mundo “Pois antes da lei estava o pecado no mundo...”(Rm 5:13), e a morte já reinava desde Adão “No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir.”(Rm 5:14). Tais afirmações demonstram que não é a lei de Moisés que é a força do pecado, pois mesmo sem a lei mosaica o pecado prendia o homem à morte.
Se a lei de Moisés não é o que concede força ao pecado, de qual lei o apóstolo Paulo fez alusão? Qual lei constitui-se…